domingo, 13 de janeiro de 2008

DIJON

Para quem não sabe, vai fazer 25 anos que nasci em Dijon. Voltei para Portugal quando tinha 10 anos e desde aí que nunca mais voltei. Fazendo as contas, já lá vão 15 anos que não voltava à minha terra natal... Sem planos para o fim de semana, resolvi matar as saudades e ir visitar uma tia que tenho em Dijon. Com a tia, vieram 3 primos e mais pessoas que por lá conhecia na altura.

A visita começou com uma barrigada durante o almoço (nem fazia ideia do que aí vinha :P) Depois de almoço, a pedido do meu primo Valentin, lá me disponibilizei para ir com ele à Megazone fazer uma batalha de Laser Game. Um espaço todo xpto com mais de 600 m2 com obstáculos e divisões por todo o lado onde costumam fazer noites non-stop para os mais velhos.

Instruções recebidas, escolhidas as equipas, colete posto e arma em punho, lá começou a batalha :P A coisa foi engraçada pois a idade média dos participantes devia andar à volta dos 9/10 anos. Já estão mesmo a ver.... À saída, na brincadeira, um dos pais perguntou-me se eu também andava no 5º ano ao que respondi que tinha chumbado e por isso ainda estava na 4ª classe :P Aqui fica um videozito, escuro, mas foi o que se conseguiu:


Laser Game dos pequeninos :P

Depois de ter ido à guerra e voltado, andei a passear pelo centro da cidade mas não reconheci grande coisa pois até aos 10 anos, o tempo entre a primária francesa durante a semana e as aulas de português ao fim de semana, não sobrava muito tempo para andar a passear pelo centro. Assim, apesar do tempo estar curto, sempre deu para ver os principais locais e monumentos da cidade. Entre eles, uma miniatura (comparando com o de Paris) do Arco do Triunfo, a Espectacular catedral e a Coruja... Uma coruja esculpida numa das paredes da catedral. Reza a lenda que quem tocar a coruja com a mão esquerda e pedir um desejo, este realizar-se-à... Pelo sim pelo não e porque para o meu caso, só mesmo um milagre, lá fui eu fazer uma festinha à dita coruja :P

Aqui ficam algumas fotos:

O centro


Os pimos (aquela carinha é que... :P)


Arco do Triunfo Miniatura


Catedral de Dijon


Uma capelazita qualquer


Uma coisa que não podia deixar de fazer era visitar o bairro "Les Grésilles". O bairro onde morei durante a minha estadia em França. Um bairro já na altura não muito pacato, agora, transformado num autêntico Gueto.
O prédio onde morei estava no mesmo sítio, mais velho (muito mais) mas as memórias continuam ligadas àquele lugar. Ainda entrei lá dentro... 15 anos passados, nem sei explicar a sensação....
As coisas estavam muito mudadas mas lá tentei relembrar-me dos caminhos que fazia quando era puto... algumas coisas ainda estavam no mesmo sítio mas havia muita construção nova. Falando em construção, fui até à escola que frequentava mas com muita pena minha, a escola foi demolida :(

Já com as lágrimas nos olhos e antes que a coisa descambasse, acabei por ir visitar um parque com um lago (considerado a praia de Dijon :p) em que os meus pais me levavam a passear quando era pequenino. Apesar do tempo passado, lembrava-me de tantos pormenores daquele parque!! Enfim, mais recordações... Aqui ficam umas fotos:

Os pimos outra vez


O Valentin


A dita praia de Dijon

Quanto às pessoas e amigos, adorava poder revê-los mas não foi possível pois para além da família, não mantive contacto com eles e por sinal, já ninguem mora no mesmo sítio. Enfim... Uma coisa é certa, tenho que voltar a Dijon com mais tempo antes do meu mandato acabar por aqui. Voltar e com uma missão... encontrar alguém conhecido!!!

Foi muito bom voltar mas ao mesmo tempo, foi também muito estranho. Esta visita fez renascer velhas recordações, umas boas outras más mas enfim, há quem diga que é a vida... Eu diria outra coisa mas pronto!

Antes de ir, tive direito a uma visita guiada à boulangerie (Padaria mas mais à frente) do primo do irmão da namorada do sogro da minha prima... tou a gozar... é do namorado da minha prima :P Muito Bom!!! Pão, Bolos, tartes e chocolates acabadinhos de fazer... hummm!!! Vim de lá carregadinho ;)

CURIOSIDADE

Já me esquecia... Dijon não é apenas a minha cidade natal, a cidade da mostarda de Dijon, a cidade da coruja abençoada mas é também a cidade onde nasceu o Sr. Eiffel. Reconhecem o nome?! Ahh pois é!!

2 comentários:

Maria Manuela (M&M) disse...

Que blog fantástico

parabens

Maria Manuela (M&M) disse...

Não conhecia o teu blog e fiquei fã. deste e do outro da Noruega. Eu não sou de invejas, mas adorava estar no teu lugar... ando seriamente a pensar em ir estudar para fora mas na área do direito. a ver vamos.

Parabens pelo blog e hei-de voltar.