quarta-feira, 2 de abril de 2008

O regresso ao banco

Há já algumas semanas que não consigo fazer pagamentos com o meu cartão de débito francês. Ainda ontem à noite estive a ver se marcava uma viagem para a Polónia e mais uma vez, o pagamento foi recusado. Estranho porque tenho lá guita...
Hoje, antes de ir trabalhar, dei um saltinho no banco para tentar perceber o que passava. Lá tive que falar mais uma vez com a minha tão arrogante e desdentada gestora de conta. Pelo que percebi, o meu cartão foi bloqueado por não andar a pôr dinheiro suficiente na conta. O quê?!?! Ainda me deu a entender que deveria passar o ordenado para esta conta, que não tinha cumprido o acordo, bla bla bla bla e blablabla... Qual acordo?!? Eu só abri uma porra de uma conta e que por acaso levou 1 mês a fazer. A conta é minha e faço o que quiser dela!!! Isto quando ela me diz:

ISTO AQUI NÃO É O PORTUGAL

Bem, quando ouvi isto, saltou-me a tampa e mandei-a logo para o car****, em português, é claro. Mais uma vez posso dizer que fui alvo de racismo... até nem sou preto nem nada!! Sinceramente, não percebo.

Final da história... Como que por favor, lá me activou novamente o cartão mas deixou bem claro que tinha que pôr mais dinheiro na conta e passar a gastar menos... Senão, o cartão era cancelado de vez, a situação classificada como fraudulenta e o meu nome posto na lista negra. Quer dizer, tenho dinheiro na conta mas tenho que meter mais e gastar o mínimo possível. É que nem a minha mãe me diz isto!! Sinceramente, nunca vi uma coisa assim... qualquer dia vou lá e puxo fogo àquela merda toda!! :P

Acabo o post com os meus parabéns ao banco BNP racistas.. ups, escapou-se-me!! Queria dizer BNP paribas ;)

2 comentários:

Simãozinho, o Bife disse...

Olha lá moço, porque não te limitas a usar tu a tua conta portuguesa? BEm mais simples e sem essas complicações, não?!P!P!P!P ;)

Bart Bernardes disse...

Idem.

Os italianos cá ficaram escandalizados em como eu não pago rien de niente ao levantar em qualquer caixa(e a pagar com cartão).